No TRE-AP, SGP destaca a importância do sistema Banco de Talentos.

No TRE-AP, SGP destaca a importância do sistema Banco de Talentos.

No TRE-AP, SGP destaca a importância do sistema Banco de Talentos.

Implantado desde fevereiro deste ano, o Banco de Talentos, organizado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), através da Secretaria de Gestão de Pessoas e a Coordenadoria de Desenvolvimento Humano (SGP/CODES), torna público a importância do novo procedimento.

O Banco de Talentos é um sistema, onde inclui as mais diversas informações dos servidores, funcionando como um banco de dados curriculares. O planejamento surgiu a partir das regras e diretrizes geradas pelo Tribunal de Contas da União, TCU.

Segundo o secretário da SGP, Heverton Fernandes, com o funcionamento do Banco de Talentos, você consegue conhecer muito melhor o perfil profissional do servidor. “No Banco de Talentos, nós temos acesso a informações pessoais e profissionais de cada servidor. Encontramos dados relevantes, como o que esse servidor faz, quais as experiências que ele já possui, o que ele já fez dentro da administração, quais funções e cargos que ele já exerceu, entre outros”, explica. 

O sistema veio para facilitar o trabalho, não só do próprio TRE-AP, como também dos servidores ali incluídos na instituição. Dentre os benefícios presentes para os funcionários, estão: maior visibilidade profissional; crescimento profissional e individual, o autodesenvolvimento, e reconhecimento institucional. 

O Banco de Talentos também proporciona melhoramentos na Administração, bem como o registro e gerenciamento dos perfis profissionais dos servidores do TRE-AP, de modo a identificar e assegurar o aproveitamento dos potenciais e das competências; possibilitar a consulta das competências individuais dos servidores para participação em projetos, comissões ou grupos de trabalho e posteriormente seleção interna; permitir a formação de equipes multidisciplinares e complementares para a realização de atividades; oferecer informações que permitam o recrutamento e a seleção dos talentos, inclusive indicação para ocupação de funções e cargos em comissão; valorizar e aproveitar o seu capital humano; e lotar os servidores de forma mais adequada, considerando as experiências profissionais, as competências e os interesses.

“A nossa ferramenta é para isso. Para facilitar e estreitar essa relação, Servidor e Administração. Dando assim, transparência para nosso trabalho”, ressalta Heverton.

 

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

Assessoria de Comunicação e Marketing

98414-2659   32101-1504

Últimas notícias postadas

Recentes