No TRE-AP, secretário de tecnologia do TSE fala sobre mitos e verdades da urna eletrônica

Giuseppe Janino esteve no TRE amapaense palestrando no Seminário Eleições em Pauta, nesta quarta-feira (12).

No TRE-AP, secretário de tecnologia do TSE fala sobre mitos e verdades da urna eletrônica

A Justiça Eleitoral do Amapá (TRE-AP), realizou na tarde desta quarta-feira (12), o Seminário Eleições em Pauta. Evento que reuniu magistrados, servidores, representantes de partidos e jornalistas, no plenário da Corte.

O encontro contou com a presença do secretário de tecnologia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino, que em sua palestra abordou a segurança do processo eleitoral, com ênfase, nos mitos que são propagados sobre a urna eletrônica, que chega à eleição de 2018 com 22 anos de criação, e sem o registro de fraudes.

O secretário explicou de forma clara aos presentes, todo o processo de funcionamento da urna, passando pelos estágios de testes, segurança e auditagem. “Todos os programas das urnas são desenvolvidos pelo Tribunal Superior Eleitoral, pelos 300 técnicos, que desenvolvem os 120 sistemas que são usados na eleição... e ficam abertos à todas as entidades por 180 dias para sua visualização, antes da lacração, antes de cada pleito”, descreve o secretário em um momento de sua palestra.

Referência Mundial
Sobre a afirmação de que somente o Brasil utiliza a urna eletrônica, o secretário Giuseppe, explicou que são 25 países que adotam o uso da urna. Somente nos Estados Unidos, dos 50 estados, cerca de 11 estados, utilizam a urna eletrônica. “Modelo bem parecido com a urna brasileira, e inclusive não imprime o voto”, complementa Janino.
Ainda segundo Janino, o Brasil é referência mundial no processo eleitoral. Com 22 anos de serviço no TSE, mais de 70 países já procuraram o Tribunal, para conhecer o processo eleitoral brasileiro. “Inclusive já firmamos acordos de cooperação com 8 países”, finaliza o secretário.

A cerimônia de encerramento contou com a presença do presidente do TRE-AP, desembargador Manoel Brito; da vice-presidente e corregedora, desembargadora Sueli Pini; a procuradora regional eleitoral, Nathalia Mariel, e dos juízes titulares das zonas eleitorais do estado do Amapá.

O conteúdo do seminário, com todas as palestras, está disponível no canal do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá no YouTube https://www.youtube.com/watch?v=uBWdajIsSKI&t=4s

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
98414-2659 32101-1504

Últimas notícias postadas

Recentes