Escola Judiciária Eleitoral

Logomarca da EJE

Escola Judiciária Eleitoral "Juiz Francisco de Oliveira"


A Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, foi criada em 28 de agosto de 2003, por meio da Resolução n. 218/2003, aprovada na 15ª Sessão Administrativa Extraordinária da Corte Eleitoral, com a presença dos Juízes membros Desembargador Gilberto Pinheiro, Presidente, Desembargador Honildo Amaral de Mello Castro, Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral, Juiz Federal José Magno Linhares de Moraes, Juiz Antônio Ernesto Amoras Collares, Juiz José Luciano de Assis, Jurista Aldenor Sales da Silva Fonseca, Jurista Eloilson Amoras da Silveria Távora e o Procurador Eleitoral José Cardoso Lopes. Na mesma Sessão foi designado o Desembargador Honildo Amaral de Mello Castro como Diretor da Escola Judiciária.

Juíza de Direito Elayne Cantuária
Contato: juiza.elayne@tjap.jus.br
Diretora

 

Rinaldo Soares de Farias
Contato: rinaldo.farias@tre-ap.jus.br
Coordenador

 

Zelina Pereira
Contato: zelina.pereira@tre-ap.jus.br
Chefe da Seção de Capacitação

 

Michela Luz
Contato: michela.luz@tre-ap.jus.br
Chefe da Seção de Projetos

 

Contato Geral: eje@tre-ap.jus.br (96) 2101-1602

Criação da EJE/AP

•Resolução nº 218, de 14.05.2003
•Alteração – Resolução nº xxx, de xx.xx.2008
Designação do Nome da Escola Judiciária Eleitoral do Amapá
•Ata da 15ª Sessão Extraordinária, de 28.08.2003
Criação da Comissão Executiva Regional do Programa Eleitor do Futuro

•Portaria n. 10/2005-CRE/AP, de 03.05.2005