Informações Gerais

Livro publicado pelo Dr. José Domingues, que aborda as disposições penais eleitorais.

"Ler é beber e comer. O espírito que não lê emagrece como um corpo que não come" (Victor Hugo)

 

A Biblioteca do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá é de acesso público e possui acervo especializado em Direito Eleitoral e áreas afins.  São diversas obras, periódicos, além de monografias elaboradas por servidores, à disposição dos usuários.

Conta com profissionais capacitados para desenvolver atividades de pesquisa e preparados para sempre atender com solicitude o usuário interno e externo.

Os usuários podem consultar o acervo, através de consulta no local ou pela Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral.

Para realização de pesquisas bibliográficas, consultas ao acervo, pedidos de cópias de artigos de revistas, pesquisa de legislação ou pesquisas históricas, entre em contato conosco.

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Avenida Mendonça Júnior, n.º 1502, Centro
C.E.P.: 68.900-914 - Macapá - AP
Andar térreo da nova sede do Tribunal
(96) 2101-1543
Horário de funcionamento: das 12h às 19h

Responsável pela unidade: Alexsandro Acioli de Matos
Email: sbd@tre-ap.jus.br

Serviço de referência

Atender ao público interno e externo, fornecendo as primeiras informações de seu interesse, além de colher críticas e sugestões.

Consulta e pesquisa

a) Pesquisar aquilo que for pedido pelo usuário, utilizando as ferramentas disponíveis na Biblioteca;

b) Utilizar material impresso ou bibliográfico que possa satisfazer a procura de informação por parte do usuário, por meio de: livros, revistas, jornais, folhetos, índices, anuários, sumários, glossários, dicionários, enciclopédias e outros;

c) Valer-se de informações contidas em suportes específicos, tais como: mapas, fotos, CDs, DVDs e outros;

d) Acessar a intranet e/ou internet para pesquisar o que for pedido pelo usuário, principalmente em sítios e blogues, fornecendo a resposta por meio de e-mail ou em forma impressa.

Empréstimo
Disponibilizar  material pertencente ao acervo da Biblioteca, mediante cautela, estando atento ao que dispõe a Resolução nº 341/2008 (Formato PDF).

Cópias
Fornecer cópias de documentos, de interesse do usuário, respeitando a Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/98), mediante o uso dos seguintes equipamentos: fotocopiadora, impressora e escâner.

Alimentação da Biblioteca Virtual

Alimentar periodicamente e com conteúdo pertinente a página virtual da Biblioteca.

Serviço de extensão

a) Participar de eventos culturais, promovidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, além de outros que possam contar com os préstimos da Biblioteca.

b) Colaborar com o Projeto Memória, que tem por objetivo resgatar e divulgar bens de valor histórico e servidores que contribuíram para a construção e desenvolvimento do TRE-AP.

A Origem do livro e da imprensa

Os textos impressos mais antigos foram orações budistas feitas no Japão por volta do ano 770. Mas desde o século II, a China já sabia fabricar papel, tinta e imprimir usando mármore entalhado. Foi então, na China, que apareceu o primeiro livro, no ano de 868.

Na Idade Média, livros feitos à mão eram produzidos por monges que usavam tinta e bico de pena para copiar os textos religiosos em latim. Um pequeno livro levava meses para ficar pronto, e os monges trabalhavam em um local chamado "Scriptorium".

O ourives culto e curioso Johannes Gutenberg (1398-1468) nasceu em Mainz, na Alemanha e, é considerado o criador da imprensa em série. Ele criou a prensa tipográfica, onde colocava letras que eram cunhadas em madeira e presas em fôrmas para compor uma página. Essa tecnologia sobreviveu até o século XIX com poucas mudanças.

Por volta de 1456, foi publicado o primeiro livro impresso em série: a Bíblia de 42 linhas. Conhecida como "Bíblia de Gutenberg", a obra tinha 642 páginas e 200 exemplares, dos quais existem apenas 48 espalhados pelo mundo hoje em dia. A invenção de Gutenberg marcou a passagem do Mundo Medieval para a Idade Moderna: era de divulgação do conhecimento.

A Importância do livro

O livro é um meio de comunicação importante no processo de transformação do indivíduo. Ao ler um livro, evoluímos e desenvolvemos a nossa capacidade crítica e criativa. É importante para as crianças ter o hábito da leitura porque com ela, se aprimora a linguagem e a comunicação com o mundo. O livro atrai a criança pela curiosidade, pelo formato, pelo manuseio e pela emoção das histórias. Comparado a outros meios de comunicação, com o livro é possível escolher entre uma história do passado, do presente ou da fantasia. Além disso, podemos ler o que quisermos, quando, onde e no ritmo que escolhermos.

Datas Comemorativas

Outubro:

20 - Dia do Poeta
29 - Dia Nacional do Livro

Novembro:

05 - Dia Nacional da Cultura
14 - Dia Nacional da Alfabetização
23 - Dia Internacional do Livro