No TRE-AP, servidores passam a utilizar as “Ilhas de café”

No TRE-AP, servidores passam a utilizar as “Ilhas de café”

No TRE-AP, servidores passam a utilizar as “Ilhas de café”

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), tem sido pioneiro, dentro da Justiça Eleitoral, quando se trata de práticas de sustentabilidade e racionalização de gastos, a partir de ações desenvolvidas pelo Núcleo Socioambiental em conjunto com a Comissão Gestora do PLS-TRE-AP.

Várias ações foram concretizadas e já apresentam resultados positivos, como por exemplo, a destinação de suprimento de impressão para reciclagem, aquisição de bebedouros para o consumo de água, a implantação da energia solar fotovoltaica em 06 Cartórios eleitorais, a aquisição de móveis fabricados com madeira provenientes de reflorestamento e uso de papel reciclado com intuito de reduzir o impacto ambiental e o “caneque-se”, que estimula o uso de canecas customizadas, evitando o uso de copos de plástico.

E as ações não param. Desde o dia 04 deste mês, servidores, prestadores de serviços e visitantes, podem saborear o tradicional cafezinho, nas “Ilhas de café”, instaladas nos corredores próximo dos gabinetes, secretarias e setores.

Economia

Após a implantação do PLS-TRE/AP, o Núcleo Socioambiental em conjunto com a Comissão Gestora do PLS promoveu estudos visando implementar práticas de racionalização dos gastos do TRE/AP, objetivando a melhoria da qualidade dos gastos públicos e o aperfeiçoamento contínuo na gestão dos processos de trabalho, conforme preceitos inseridos na Resolução CNJ 201/2015 e Resolução TRE/AP nº 499/2017.

O Núcleo Socioambiental, atendendo à uma sugestão de uma reunião realizada ainda maio, providenciou junto à copa da Secretaria do TRE/AP, o quantitativo de café que retornava nas garrafas. Ficou constatado neste mesmo dia que houve desperdício de 08 (oito) litros de café. Isto significa um volume estimado de 40 (quarenta) litros em uma semana e 160 (cento e sessenta) litros em um mês.

Segundo a presidente do Núcleo, Silvana Carla Benicio Dias da Silva, diante da constatação, foi sugerida a criação de “Ilhas de Café” nos corredores do prédio da Secretaria do Tribunal, com objetivo de diminuir ou até mesmo acabar com o desperdício de café, estimulando assim o uso sustentável de recursos naturais e bens públicos e redução do impacto negativo das atividades do TRE/AP no meio ambiente.

Medida recebida de forma positiva por diversos servidores e pelos secretários da SAO, STI, SEJUD e SGP. “A novidade foi bem aceita e todos entenderam a necessidade de diminuir gastos, conter desperdícios do produto, e por outro lado, vem cumprindo seu papel de sociabilidade, proporcionando melhor interação entre os servidores durante os encontros no cafezinho”, finalizou Silvana.

 

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

Assessoria de Comunicação e Marketing

98414-2659   32101-1504

Últimas notícias postadas

Recentes