ABC da Cidadania tem pontapé inicial em Vitória do Jari

Projeto com iniciativa do TRE Amapá pretende alfabetizar cerca de 800 eleitores no município.

Projeto com iniciativa do TRE Amapá pretende alfabetizar cerca de 800 eleitores no município.

O dia 20 de setembro celebrou o lançamento do Projeto ABC da Cidadania - Formando Cidadãos e Transformando a Sociedade, no município de Vitória do Jari. A solenidade contou com a presença do Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, Desembargador Gilberto Pinheiro, o vice-prefeito de Vitória do Jari, Antônio Waldez e a secretária municipal de Educação, Márcia Dias de Souza, além da população em geral, que compareceu ao centro comunitário da cidade.

O município é o segundo no Estado a ser contemplado pelo projeto do TRE Amapá, que busca alfabetizar eleitores de todas as idades. O ABC da Cidadania tem a meta de alfabetizar os 799 eleitores analfabetos, cadastrados em Vitória do Jari na última eleição de 2020.

A ação faz parte do acordo de cooperação técnica firmado entre o TRE Amapá e prefeitura de Vitória do Jari, que possui a proposta de reduzir o analfabetismo e incluir os cidadãos não alfabetizados no processo eleitoral, por meio da educação.

“O eleitor precisa conhecer seu candidato, não votar apenas porque acha que é uma boa pessoa. Por isso é importante alfabetizar essa parte da população, que não sabe escrever seu próprio nome”, declarou o presidente Gilberto Pinheiro, idealizador do ABC da Cidadania.

A aposentada Maria Máxima dos Santos, de 76 anos, é uma das participantes do Projeto ABC da Cidadania em Vitória do Jari. “Quando nova não tive oportunidade, mas o meu sonho é saber a escrever meu nome", disse a eleitora, que agora poderá concretizar seu grande sonho.

A nova aluna, Maria Máxima, é uma das pessoas que receberam do ABC da Cidadania um kit escolar, para contribuir com a alfabetização desses eleitores e integrá-los ao processo eleitoral, garantindo os seus direitos.

Programa ABC da Cidadania

Elaborado pelo TRE Amapá, o projeto foi apresentado ao Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ministro Luiz Roberto Barroso, em outubro de 2020, pelo Desembargador Gilberto Pinheiro.

Em 2021 o projeto foi implantado no primeiro município, Serra do Navio, com a meta de alfabetizar pelo menos 50% de eleitores, nas faixas etárias de 16 a 35 anos e acima de 80 anos. Para os eleitores entre 35 a 79 anos, o propósito é uma redução de 30%.

Todos os eleitores que participam da capacitação receberão diploma e um novo título de eleitor, no qual será retirada a ressalva “Não Alfabetizado” e será preenchida com a assinatura do cidadão.

Macapá, AP, 21 de setembro de 2021
Assessoria de Comunicação - Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Central de atendimento ao público do TRE-AP: (96)3198-7504 (Ramal 7504) / (96)98406-5721
Siga-nos nas redes sociais:
Facebook: TRE Amapá
Instagram: @tre_amapa
Twitter: @treamapa
Youtube: Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Portal: www.tre-ap.jus.br
E-mail: ascom@tre-ap.jus.br / carla.botelho@tre-ap.jus.br
Endereço: Av. Mendonça Júnior. Nº 1502
Centro, Macapá - AP, 68900-020

Últimas notícias postadas

Recentes