Alfabetizadores do projeto ABC da Cidadania passam por formação educacional

Nessa etapa, docentes de pedagogia da Unifap apresentam metodologias destinadas à educação de jovens e adultos.

Nessa etapa, docentes de pedagogia da Unifap apresentam metodologias destinadas à educação de jo...

O ABC da Cidadania passa por uma nova etapa: a qualificação dos alfabetizadores que atuarão nos 7 municípios contemplados pelo projeto. O TRE Amapá promove dois dias de formação educacional com a participação dos docentes do colegiado de Pedagogia da Universidade Federal do Amapá, André Rodrigues Guimarães e Arthane Menezes Figueiredo. Tendo início na quinta-feira (14), no turno da manhã, a formação imersiva em metodologias para jovens e adultos destacou a importância de práticas educacionais que compreendam a realidade do aluno.

A iniciativa visa capacitar esses colaboradores que irão atuar diretamente com os alunos do projeto na tentativa de amenizar o descaso social que é a taxa de analfabetismo, oferecendo aos alunos um direito básico: a educação.

Na ocasião, o presidente do TRE Amapá, Desembargador Gilberto Pinheiro, destacou a importância do projeto para a vida política do eleitorado. Com a alfabetização, os eleitores terão consciência da importância do voto e passarão a exercer a cidadania para a transformar a sua realidade.

Com a formação, há a perspectiva de receber os eleitores sem alfabetização e apresentar os conhecimentos na leitura e escrita, um compromisso social firmado entre o TRE Amapá e prefeituras municipais dos 7 municípios atendidos, com a contribuição desses professores que se dedicam na alfabetização dos jovens e adultos do ABC da Cidadania.

A alfabetização desse público demanda teorias e metodologias que são próprias para essa faixa etária, o que requer uma formação diferenciada dos alfabetizadores.

Para o docente de pedagogia da Unifap, André Rodrigues Guimarães, a qualificação de professores é um passo importante para compreender o processo de alfabetização de jovens e adultos, pois é necessário haver uma ligação entre escolarização e a realidade desses alunos.

“É entender essa diversidade que é o público, mas perceber a especificidade que é a educação de jovens e adultos”, reitera o docente André Rodrigues.

Na sua primeira vez participando do projeto, o professor e coordenador do ABC da Cidadania do município de Amapá, Marcus Vinicius, destaca o papel do educador na diminuição do abismo social que o analfabetismo provoca. O professor apresenta as suas expectativas para as aulas do projeto.

“Promover, principalmente, que haja alfabetização dessas pessoas que nem sempre tiveram oportunidades de serem alfabetizadas e, consequentemente, causar a transformação social”, comenta o educador.

A formação educacional dos professores do ABC da Cidadania continua nesta sexta-feira (15), finalizando com a participação dos professores e responsáveis pelos Cartórios Eleitorais dos municípios.

Macapá, AP, 15 de outubro de 2021
Assessoria de Comunicação - Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Central de atendimento ao público do TRE-AP: (96)3198-7504 (Ramal 7504) / (96)98406-5721
Siga-nos nas redes sociais:
Facebook: TRE Amapá
Instagram: @tre_amapa
Twitter: @treamapa
Youtube: Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Portal: www.tre-ap.jus.br
E-mail: ascom@tre-ap.jus.br / carla.botelho@tre-ap.jus.br
Endereço: Av. Mendonça Júnior. Nº 1502
Centro, Macapá - AP, 68900-020

Últimas notícias postadas

Recentes